domingo, 7 de agosto de 2016

Pastor, meu marido não me come

Foi assim que se dirigiu a mim uma determinada senhora com seus 45 ou 50 anos pelo telefone: "Pastor, meu marido não me come!" No meio do assunto ela revelou que o pobre do homem era doente, diabético, e não conseguia atingir a ereção com facilidade. A mulher já estava sem sexo há meses e literalmente subindo pelas paredes. O que dizer? Me veio a mente a ideia de sugerir que ela fosse a um sexyshop e comprasse um pênis de borracha para na hora que estivesse com o marido na cama, ela usasse numa brincadeira entre os dois. Dias depois recebi um telefonema, a experiência tinha sido maravilhosa e um casamento foi salvo!

Pastor

Sem comentários:

Enviar um comentário