quinta-feira, 22 de setembro de 2016

A ceia

Ser pastor enviado ao campo em algumas denominações é coisa de herói.
Meu pai foi enviado a uma pequena cidade do interior, pra pastorear 2 igrejas.
Naquela época ele era diácono da denominação que fazíamos parte. E, como em algumas outras, diáconos não ministravam a Ceia, apenas presbíteros e pastores.
Todo mês um presbítero da sede era enviado para tal, até que um dia um dos enviados se esqueceu do compromisso.
Tudo pronto, culto começando e nada do presbítero chegar. No final, meu pai acabou fazendo a Ceia e no dia seguinte se apresentou no escritório do pastor presidente
Com sua carteira de membro, pois havia violado uma regra da denominação. O pastor presidente foi compreensivo e não houve problemas nenhum para meu pai.
Naquele dia, a regra da denominação foi mudada e vi como meu pai era um homem sério.

Sem comentários:

Enviar um comentário